Porcelana ou Zircônia? Saiba como escolher

A prótese dentária ainda é a opção mais acessível em se tratando de reabilitação oral. Os recentes avanços da Odontologia possibilitaram a confecção de próteses mais resistentes e finas, o que impacta diretamente no alinhamento e na estética do sorriso. A zircônia e a porcelana são materiais versáteis, com características únicas e muito utilizados em próteses dentárias, mas como escolher qual o melhor? Continue a leitura para descobrir.

As recentes tecnologias e, consequentemente, o surgimento de novos materiais e técnicas, além de melhores resultados, podem gerar dúvidas para dentistas e pacientes. Mesmo que próteses em porcelana e zircônia possam ter indicações em comum, cada material  possui suas especificidades e características.

A prótese dentária feita de zircônia possui uma estrutura interna de reforço ou é feita em monobloco, o que evita fraturas e acinzentamento da gengiva e da própria prótese. Assim, é ideal para tratamentos sobre dentes escurecidos por canal, pinos metálicos, implantes dentários e pônticos.

A prótese feita de porcelana, por sua vez, não apresenta estrutura interna de reforço e possui limitações quanto ao mascaramento de dentes escurecidos e com próteses dentárias de porcelana no tipo pôntico. Mesmo assim, é ideal para tratamentos estéticos combinados com laminados cerâmicos, como facetas de porcelana ou lentes de contato.

Tanto a porcelana quanto a zircônia permitem a confecção de próteses mais resistentes e duráveis, que geram mais conforto e segurança ao paciente no momento da mastigação, possuem estabilidade de cor, não sendo alterada por pigmentos extrínsecos, como café e vinho, e proporcionam mais naturalidade à estética final.

Confira, agora, as indicações e especificidades de cada material.

Zircônia: -Estética satisfatória para dentes anteriores, excelente para dentes posteriores e sobre implantes; -Alta resistência a fraturas e ao amarelamento, grande durabilidade; -Excelente alternativa a implantes dentários (quando usada como pôntico protético); -Utilizada para áreas com diversas ausências dentárias; -Indicada para dentes escurecidos após tratamento de canal ou manchados pelo metal de dispositivos metalocerâmicos, pinos protéticos em metal e dentadura fixa tipo protocolo. –

Porcelana: -Estética excelente para dentes anteriores; -Melhor reprodução de cores, transparências e opalescências, satisfazendo os pacientes mais exigentes; -Elevada durabilidade; -Utilizada de forma individualizada, ou seja, para cada dente ausente de maneira individual; -Indicada para tratamentos combinados com lentes de contato, faceta de porcelana e substrato dentário em cores claras.

Mesmo que cada material apresente suas respectivas indicações e especificidades, a prótese fixa, seja ela feita de porcelana ou de zircônia, continua sendo uma solução eficiente que proporciona conforto e grandes melhorias estéticas, dando, ao paciente, a chance de sorrir novamente, com mais naturalidade. A escolha do material requer uma análise criteriosa, levando em consideração quadro clínico, necessidades e expectativas do paciente.

Como a JC pode te ajudar?

Buscamos, para você, o que há de melhor na Odontologia e somos referência em soluções para a reconstrução de sorrisos. Unindo técnica e arte, nossa equipe busca sempre entregar peças com excelência estética e produzidas com os materiais mais adequados.

 ​

As próteses dentárias são opções acessíveis e, quando feitas de zircônia ou porcelana, são mais resistentes e proporcionam maior naturalidade à estética final, além de mais conforto e segurança ao paciente.

Entre em
Contato Agora

Preencha o Formulário abaixo e nossa equipe comercial entrará em contato com você pelo WhatsApp.

Compartilhar no facebook
Facebook